GELATINA: PARA FORTALECER OSSOS, TENDÕES, MÚSCULOS, LIGAMENTOS...

 

A gelatina é uma proteína purificada, de origem animal, isolada através da “quebra” parcial das proteínas do colágeno, encontradas naturalmente nos alimentos. O colágeno é uma proteína que participa da formação estrutural do nosso organismo, tecidos e ossos, e representa cerca de 33% do total de proteínas dos mamíferos.

A gelatina contém 18 aminoácidos, dos quais 9 essenciais entre os 10 que o organismo necessita, e que só conseguimos através da alimentação.A gelatina é de fácil digestão e utilização.É um alimento puro e é composta por cerca de 84% de proteínas, 2% de sais minerais e água. É livre de carboidratos e gorduras, assim como de colesterol ou purinas.

Um organismo saudável necessita de colágeno para a manutenção do tônus muscular e de uma pele firme, com uma reposição diária de aproximadamente 1g por quilo de peso. Pesquisas mostram que, por volta dos 25 anos o organismo começa a diminuir a produção de colágeno em relação à necessidade constante dessa molécula no processo de rejuvenescimento e reparação celular.

Retardar o envelhecimento

Aos 50 anos, o corpo só produz em média 35% do colágeno necessário. Supõe-se que esta seja uma das principais causas do envelhecimento. Com a diminuição do colágeno, os músculos ficam frágeis e flácidos, diminui a densidade dos ossos, as articulações e ligamentos perdem a elasticidade e a força, a cartilagem que envolve as articulações fica frágil e porosa, com aspecto de esponja. Os cabelos perdem o viço, pois diminui a espessura do fio capilar. Alguns órgãos podem sofrer deslocamento e apresentar mau funcionamento. A pele fica mais fraca, desidratada e sem elasticidade, levando à flacidez e ao aparecimento de estrias, e também ao aumento da reserva lipídica.

A mais importante propriedade da gelatina é sua capacidade de formar um gel, que quando misturado com a água pode passar do estado sólido para o liquido através do aquecimento e vive-versa quando resfriado. A gelatina é muito utilizada como agente de ligação em sobremesas, em aplicações farmacológicas.

Nós já sabemos que a melhor forma de prevenir doenças é se alimentar bem e fazer exercícios com regularidade. Então, a reposição de colágeno através de alimentos como carnes, principalmente as vermelhas, pode auxiliar nesta prevenção. Para os que não são adeptos ao consumo de carnes, a industria alimentícia vem desenvolvendo produtos, como colágeno em pó ou liofilizado. Através da suplementação alimentar o organismo consegue de maneira significativa as quantidades e os benefícios do colágeno, o que é excelente para os vegetarianos, por exemplo.

O colágeno permite que o organismo mantenha um equilíbrio na massa muscular e auxilia na utilização das reservas lipídicas e de açúcar, e quando associado ao exercício físico ajuda na diminuição da flacidez e no aumento da massa muscular. A ingestão diária de 10g de gelatina, por um período de no mínimo 8 semanas é recomendada para os benefícios propostos pelos pesquisadores.

Novos estudos clínicos demonstraram aumento na mobilidade de todas as articulações e uma redução na dor em casos como artroses, com administração de gelatina hidrolisada por várias semanas (peso molecular 3000-8000 Daltons – expressa o grau de gelificaçao e firmeza de uma gelatina em particular).Esta aplicação correspondente é panteteada internacionalmente. Resultados de outros estudos mostram que a osteoporose pode ser permanentemente interrompida após administração de gelatina hidrolisada especial.

No caso de cabelo fino, frágil, sem brilho e quebradiço, foi verificada uma melhora na estrutura do cabelo e um aumento de crescimento acima de 30% de fortalecimento de unhas, bem como a elasticidade da pele e fortalecimento dos tecidos conectivos.

O fibrolasto é a célula que sintetiza colágeno, predominante na pele, ossos, cartilagens e tendões, e dá sustentação a pele. Por ser uma proteína fibrilar do tecido conjuntivo, tem como principal função impedir a deformação dos tecidos, mantendo sua forma estrutural.

As conclusões da pesquisa

Aqui vão os principais resultados de pesquisas feitas internacionalmente sobre o uso da gelatina para a saúde:

è A ingestão diária de gelatina permite melhorar a hidratação da pele, especialmente quando associada a elementos como cálcio;

è A ingestão diária de gelatina aumenta o crescimento e propicia uma melhoria acentuada na aparência dos cabelos, como redução significativa da seborréia, entre outros efeitos positivos;

è Fortalecimento das unhas com doses diárias de gelatina, principalmente se associada ao consumo de vitaminas no complexo B;

è Melhora significativa da mobilidade e redução da necessidade de analgésicos em pacientes artríticos, pela ingestão durante dois meses;

è Ganhos antropométricos e motores significativos em esportistas, pela ingestão diária de 10g de gelatina hidrolisada durante 4 meses.

O que tiramos disso tudo é que vale a pena suplementar com a gelatina hidrolisada, encontrada nas principais lojas de produtos naturais ou especializadas, como uma fonte extra de proteína animal, que só traz benefícios, principalmente para os que não consomem fontes alimentares animais com regularidade. Só o fortalecimento de ossos, tendões, ligamentos e músculos, tão importantes na vida dos esportistas, já faz valer a pena tentar.

FONTE: REVISTA CONTRA RELÓGIO

 

 

Conhecer a história de um homem que teve a vida destruída por ex-mulher que implantou falsas memórias nos filhos.

comente: blog@artisnobilis.com